ITA usará solução Dassault Systèmes para aprimorar ensino de engenharia


A Dassault Systèmes anuncia que o ITA – Instituto Tecnológico de Aeronáutica está usando a plataforma 3DExperience para aprimorar a educação em engenharia com projetos práticos que utilizam alta tecnologia em um universo digital integrado em nuvem. A plataforma da companhia será a base de um novo modelo de inovação pedagógica e está alinhada com a tecnologia de ponta no mundo da educação superior. A Prosys Educacional, solution partner da Dassault Systèmes, desenvolveu a solução para a instituição de ensino e está dando suporte tanto para a implantação da plataforma quanto para a capacitação dos professores.

A Divisão de Engenharia Mecânica do ITA contratou um total de 100 acessos para a plataforma da Dassault Systèmes que serão utilizados pelos alunos já no atual ano letivo. “A solução atenderá à demanda de criação de projetos, gerenciamento e compartilhamento de informações para alunos em todos os níveis de aprendizado, desde iniciantes até aqueles que estão concluindo o curso ou já inseridos no mercado de trabalho”, diz Ezio Castejon Garcia, chefe da Divisão de Engenharia Mecânica do ITA.

Indicada para melhorar a aprendizagem com base em projetos, a solução permite o uso de conceitos CDIO (Concepção – Design – Implementação – Operação) e PBL (Aprendizado por Projeto) para ajudar os alunos a responder questões e desafios complexos de forma mais rápida e assertiva, possibilitando um aprendizado diferenciado e fundamental para o mercado de trabalho.

Criada após anos de colaboração com professores e alunos em muitas instituições e disciplinas globais, a plataforma da Dassault Systèmes para academia promove um ensino mais flexível e personalizado. Disponível na nuvem, a plataforma pode ser acessada a qualquer momento e por diferentes dispositivos para professores e alunos que buscam aumentar a experiência de engenharia prática em um universo digital integrado com novos métodos de aprendizado.

Um dos destaques da solução é o recurso colaborativo que possibilita o trabalho em equipe e o desenvolvimento simultâneo de ideias e projetos, permitindo o acompanhamento do desempenho de cada aluno, assim como a constante troca de informações e experiências. As fronteiras do ITA serão ainda maiores com o intercâmbio de conhecimentos com outras universidades em todo o mundo através da partilha com outros centros de aprendizagem que podem trabalhar em conjunto para esclarecer dúvidas, trocar arquivos e acelerar projetos em um ambiente PLEX – Pearing Learning Experience.

Os professores serão treinados para utilizar a plataforma e replicar o conhecimento aos alunos. “A solução também fornece interação e troca de informações entre os acadêmicos de todo o mundo que estão conectados na plataforma. Dessa forma, um professor brasileiro pode ver o que está sendo criado em outros países enquanto compartilha suas informações, ajudando a melhorar os projetos e procurando soluções mais assertivas com o apoio das universidades do mundo”, explica Ligia Oliveira, Desenvolvimento de Negócios Acadêmicos para a América Latina na Dassault Systèmes. “Com o uso da plataforma, o ITA está posicionado no mesmo nível de instituições educacionais de renome da Europa e dos Estados Unidos”, afirma Ligia, destacando que cerca de 400 instituições brasileiras em outras áreas estão usando as soluções educacionais da Dassault Systèmes.

Outro diferencial que a Dassault Systèmes implementará é o Centro de Certificação para estudantes, oferecido pela empresa. Eles receberão certificados em suas áreas sem custos adicionais para a universidade. “Estamos expandindo as possibilidades dos alunos para alcançar um novo universo de conhecimento e educação sem barreiras”, diz a executiva.

 

FONTE: BOLETIM INDUSTRIAL

Anterior Desenvolve SP tem alta de 34% nos financiamentos do 1º trimestre
Próximo Reed Exhibitions recebe o prêmio Top Employers