Construção do submarino S40 Riachuelo avança


A Marinha do Brasil (MB) e a empresa Itaguaí Construções Navais (ICN) informaram no último dia 14 de janeiro que transferiram para o Estaleiro de Construção, na Ilha da Madeira, no Complexo Naval de Itaguaí, três seções unidas do S40 Riachuelo, o primeiro submarino convencional do Programa de Desenvolvimento de Submarinos (Prosub). O programa prevê outras três unidades convencionais e o primeiro submarino brasileiro com propulsão nuclear.

O trajeto, de cerca de cinco quilômetros, foi percorrido em 11 horas, começando na Unidade de Fabricação de Estruturas Metálicas (Ufem), que também fica em Itaguaí. A operação logística exigiu um planejamento de meses e incluiu a retirada de trechos da rede elétrica. No dia 14, ocorreu a etapa mais complexa da operação, com interrupções pontuais do tráfego na BR-493, para dar passagem ao veículo especial (prancha móvel) de 320 rodas que transportou as 619 toneladas das três seções, com 39,86 metros de comprimento e 12,30 metros de altura.

As duas seções restantes do Riachuelo, pesando 487 toneladas e medindo 30 metros, serão, em breve, transferidas, separadamente, para o Estaleiro de Construção, onde o submarino entrará em montagem final, a fim de ser lançado ao mar no segundo semestre de 2018.

 

 

 

Resultado de imagem para Construção do submarino S40 Riachuelo avança

 

FONTE: BOLETIM INDUSTRIAL

Anterior Mouser, em parceria com o INCB, divulga tecnologias no Brasil
Próximo Gerdau vende usinas produtoras de vergalhão nos EUA