Comércio eletrônico apresenta deflação anual


Os preços do comércio eletrônico completaram um ano em queda em novembro, aponta a medição do Índice Fipe Buscapé. São 12 meses consecutivos de deflação anual, ou seja, comparada ao mesmo mês do ano anterior. No último mês a retração foi de 3,59%. Na comparação ante ao mês de outubro, os preços retraíram 0,07% o que demonstra a responsabilidade das lojas virtuais em apresentar preços mais baixos no mês da Black Friday.

Dos dez grupos monitorados pelo índice Fipe Buscapé, seis apresentaram redução em novembro. São elas: telefonia (-15,37%), fotografia (-8,05%), moda e acessórios, (-4,32%), esporte e lazer (1,07%), informática (-0,98) e eletrônicos (-0,58%). Na contramão, registraram expansão nos preços: brinquedos e games (3,38%), eletrodomésticos (1,95%), cosméticos e perfumaria (1,50%), casa e decoração (0,82%).

“O Índice Fipe Buscapé apresenta tendência de queda das variações anuais nos últimos 22 meses – que se tornam negativas nos últimos 12 meses -, de forma consistente com a significativa tendência de queda da inflação geral. Se mantida a tendência deflacionária em dezembro, o Índice Fipe Buscapé aponta que o ano de 2017 deve fechar com uma variação acumulada de -2,5%”, diz Sandoval Martins, CEO do Buscapé.

Resultado de imagem para comércio eletrônico, Índice Fipe Buscapé, deflação anual

Resultado de imagem para comércio eletrônico, Índice Fipe Buscapé, deflação anual

FONTE: BOLETIM INDUSTRIAL

Anterior Mercado de PCs no Brasil segue em crescimento
Próximo Economistas e executivos dos mais respeitados participam do Encontro de Líderes, na Mecânica 2018